Home   Informações   Imprensa

Imprensa

Desenvolvendo Desempenho de Ponta

Conheça a comovente história do nosso campeão paraolímpico

Um sonho distante que muitas vezes pareceu impossível e que, ao ser realizado, se tornou maior do que havia sonhado. A trajetória do jogador de bocha adaptada, Dirceu José Pinto, é repleta de obstáculos, mas foi coroada com duas medalhas de ouro na Paraolimpíada de Pequim, em 2008. Conquistas inéditas para a modalidade no país.

“Na verdade, eu só tenho a dimensão da conquista quando as pessoas vêm falar comigo sobre isso. Quando fui para Pequim, a meta era ganhar uma medalha de bronze com o Eliseu Santos, do Paraná, para divulgar a bocha no Brasil e dar oportunidade para que outras pessoas com deficiência pudessem sair de casa e praticar. Conseguimos muito mais que isso”, diz Dirceu. Hoje, ele compete pela equipe formada por uma parceria entre o Trabalho de Apoio ao Deficiente (Tradef) e a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes, além de ser atleta do Comitê Paraolímpico Brasileiro e coordenador do Paradesporto da Prefeitura de Mogi das Cruzes.

 
© 2019 Tradef | tradef.org.br by iF